Equipe

Diretor executivo

Filippo Ferarro

Pe. Filippo Ferraro é um missionário de São Carlos. Nascido em Bassano del Grappa, Itália, em 1974, formou-se no Instituto Teológico do Norte da Itália (Milão) e obteve um Diploma em Teologia Pastoral das Migrações pelo SIMI (Instituto Internacional de Migração Scalabrini - Pontifícia Universidade Urbana de Roma). Ordenado como sacerdote católico diocesano na diocese de Treviso em 2006, ingressou mais tarde nos padres Scalabrini. Ele iniciou seu ministério pastoral com migrantes como capelão da comunidade de refugiados de língua francesa na arquidiocese da Cidade do Cabo em 2014. Desde o final de 2017, ele é diretor executivo da SIHMA e coordenador de todos os projetos sociais da Congregação Scalabriniana na África. Ele também é responsável pela gestão de comunicação do Instituto.

Filippo Ferarro

Gestor de projeto

James Chapman

James é o gerente de projetos da SIHMA e é um advogado admitido, admitido em 2008. Antes de trabalhar na SIHMA, trabalhou por 10 anos na Unidade de Direitos dos Refugiados da Universidade da Cidade do Cabo, principalmente em Advocacia, Treinamento e Contencioso Estratégico, liderando essas seções no Unidade. Antes disso, ele trabalhou como estagiário na UCT Law Clinic, enquanto estudante de assistência a refugiados, migrantes e cidadãos indigentes da África do Sul, com aconselhamento e assistência jurídica. Ele é apaixonado por ajudar e capacitar migrantes e refugiados e garantir o bem-estar dos migrantes, requerentes de asilo e refugiados para a realização dos direitos e o respeito à dignidade. Ele é membro do Comitê Executivo do Consórcio para Refugiados e Migrantes na África Austral (CoRMSA) de 2014 até 2019. Ele é membro da Associação Internacional de Refugiados e Juízes de Migração. Ele nasceu e cresceu no Zimbábue. Ele escreveu um capítulo na Lei de Imigração na África do Sul 2018 (ed. Fatima Khan) sobre 'o efeito da lei do domicílio na migração'. Em 2019, James e a equipe da Unidade coordenaram uma conferência de cinco dias para líderes do governo. no continente africano, sobre o fim do apátrida em parceria com o ACNUR. Ele espera ensinar, treinar e capacitar líderes no espaço de migração, com foco em trazer resultados de pesquisa na SIHMA e, de maneira mais ampla, beneficiar pessoas em nível comunitário.

James Chapman

Office Assistant and Communication Manager

Deborah Zen

Deborah é o Gabinete e Assistente de Comunicação. Ela nasceu e cresceu em Itália. Após concluir o seu bacharelato em Línguas na Universidade de Pádua, foi voluntária em alguns projectos do missionários Scalabrinianos na Colômbia e na África do Sul. Na Colômbia, en Cucùta, dirigia actividades educacionais para crianças de famílias deslocadas e, na Cidade do Cabo, foi membro do pessoal da Lawrence House Youth and Child Care Centre for South african and refugees children. Em 2011 mudou-se para Moçambique, onde trabalhou como Gestora de Projectos no campo de refugiados de Maratane, em Nampula. Lá dirigì um projecto para ASCS, a Agência da congregação Scalabriniana para projectos sociais e de cooperação. Trabalhou com refugiados subnutridos e crianças locais, gerindo um programa nutricional, organizando cursos de formação e campanhas de sensibilização sanitária dentro do campo de refugiados. Graças a estes trabalhos e experiências de voluntariado, ela continuou o seu interesse em trabalhar para e com refugiados, migrantes e pessoas em movimento. Agora no SIHMA ela espera continuar a promover os valores scalabrinianos de enriquecimento intercultural, protecção e capacitação dos migrantes através da comunicação nos meios de comunicação social.

Deborah Zen